Resenha | Sangue Quente


Autor: Isaac Marion
Editora: LeYa Brasil
ISBN: 9788580440331
Ano: 2010
Páginas: 252
Sinopse:

R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa.

Para os fãs dos tradicionais zumbis, o livro pode ser bem chocante. Isso pelo simples e único motivo de, o personagem principal, que é um zumbi ter "sentimentos".

A história é muito profunda, os personagens são muito profundos. O autor fez um ótimo trabalho tanto com os personagens principais quanto com os secundários, sem dúvida alguma o livro é de uma beleza e expressividade espantosas.



Mas como eu mencionei anteriormente, os fãs de zumbis tradicionais podem se decepcionar, afinal sangue quente  não é sobre um vírus que se espalha pelo planeta. É algo muito mais humano.

Sangue Quente mostra a verdade Nua e Crua, somos só nós seres humanos, nos destruindo um pouco a cada dia até que tudo foge do controle e nos vemos assombrados por nós mesmos, ou melhor, nossa pior parte, nosso zumbi interior.




Eu achei o livro bom, os personagens são interessantes, mas sou do time tradicionalista. Se eu recomendo a leitura? Claro que sim!! Vale muito a pena. É uma história bem reflexiva, encantadora e até poética eu diria.

Um romance bem diferente embala a história, imaginem um zumbi e uma humana a principio nada bonito né. Mas aos poucos é possível perceber o que há por trás.

O autor utiliza a metáfora do zumbi para nos mostrar algo muito mais profundo, algo que habita cada um de nós!

A diagramação e a capa estão muito boas, a editora LeYa caprichou!


Por hoje é só pessoal, beijos e até o próximo post!

8 Comentários

  1. Ah, eu gosto do que foge do tradicional, Jess e quero muito ler Sangue Quente! Também nunca li algo sobre zumbis e adoraria mudar esse quadro! Parece ótimo.
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. pra mim com certeza ia ser chocante pq zumbi é zumbi hausahsuhu

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, simples e objetiva! n__n
    a sinopse me chamou bastante atenção, mas não sei se seria um livro que faria parte da minha 'wishlist' pelo fato de eu não curtir muito esse negócio de zumbi comendo cérebros e tal o.o ... usahdiusahiudhasiuhdiuaihdads. Enfim, isso não muda o fato da capa ser super legal e a história parecer bem promissora u_u


    Beeeeeeeeijinhos e um ótimo fim de semana! :*
    www.linguadoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oii, Jessica.
    Não gosto muito de filmes de zumbi, mas tenho uma amiga que adora. Vou passar o nome do filme para ela. Tenho certeza que ela vai gostar.

    Beijos,
    Emily Swan
    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não consigo gostar de um livro ou filme onde Zumbis tenham sentimentos, acho tão chato esse pessoal que agora deu pra "sentimentizar" monstros. Zumbis devem COMER pessoas e não se apaixonar por elas.
    Apesar de já saber que não vou gostar, eu pretendo assistir o filme e ler o livro. :D Gostei da tua resenha!

    abraços,
    Luciano Andrade
    Terceira Página

    ResponderExcluir
  6. Aiai...

    Coloquei esse livro no skoob como "vou ler", mas me conheço muito bem. Acho que não vai sair deste status... rs

    Eu gosto dos Zumbis do Resident Evil e não de zumbi que tem coração. De qualquer forma, o filme tá chegando e eu pretendo assistí-lo. Mas, como eu sempre falo: se eu assistir ao filme antes de ler o livro, tchau livro. Nunca compro para ler!

    Abraços e Beijos

    Gláucia

    eassimestaescrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Este livro tem uma trama que pode ser considerada no mínimo inesperada, claro que algumas pessoas metem o pau no livro, afinal um zumbi namorando uma humana é algo que pode parecer absurdo para alguns, mas eu adoro coisas ousadas, e por isso logo coloquei o livro na lista de desejados, e falemos a verdade, qualquer ideia, quando é bem escrita, pode funcionar bem.
    Boa resenha.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Tenho ouvido bastante falar desse livro, mas confesso que não tinha lido nenhuma resenha referente a ele ainda. A sua foi a primeira!
    A capa do livro é mesmo muito bonita e a sinopse me deixou bem curiosa.
    Eu nunca li nada sobre zumbis então não tem como ser tradicionalista ou não. kkkk'
    Vou apostar pra ver e assim que conseguir ler volto aqui pra te contar minha opinião pode ser :)
    Um beijo!

    Juliana . Oliveira
    http://www.trocandoconceitos.blogspot.com/
    @Julymg2

    ResponderExcluir