Resenha | Infinito + um - Amy Harmon


Adicione no Skoob


Eu gostei muito de Infinito + um a história de Finn e Bonnie é realmente linda e inspiradora em muitos aspectos. A escrita de Amy Harmon é verdadeiramente impressionante. Ela escreve com o coração e isso é nítido.

— Quanto é infinito mais um? — interrompi Katy, fazendo a Finn minha própria pergunta. — Ainda é infinito — respondeu ele, com um suspiro. — Errado. É dois. — Ah, é? Como foi que você chegou a essa conclusão? — Infinito — disse eu, traduzindo o nome “Infinity” e apontando para Finn. Depois apontei para mim e disse: — Mais um. Ou seja, dois, gênio. — Eu queria muito não ter te falado o meu nome. — Ha, te peguei! Você acha que é tão bom em matemática, mas acabei de ganhar de você. "

O livro gira em torno de Bonnie Rae e Finn Clyde. Bonnie é uma estrela apaixonada pela música, rica, linda e incrivelmente famosa. Finn é um ex - presidiário, sensível, brilhante, absolutamente cínico e ama matemática.

Finn, como personagem, assim como sua história partiu meu coração. Eu me apaixonei por ele desde o início e tantas vezes durante a leitura eu desejei que eu pudesse arrancá-lo do meu Kindle e abraçá-lo; para mantê-lo seguro. Sua dor passada, seus requisitos básicos da vida me levaram a sentir uma dor profunda. Na minha opinião, Finn era a história para mim e a razão pela qual eu folheava as páginas. Quanto a Bonnie, ela é doce e tem um coração de ouro. Sua história é semelhante a de tantas estrelas por aí da vida real, aproveitadas por uma família gananciosa. Sua jornada foi sobre si mesma em primeiro lugar. Chegar a um acordo com o passado, uma tragédia e defender o que é certo no presente e no futuro. Às vezes, eu só queria que ela tivesse defendido Finn um pouco mais. 

Este é um conto do destino, ou o que quer que fosse, definitivamente, alguma força estava trabalhando para trazer essas duas almas perdidas e perturbadas, almas gêmeas juntas e essa parte da história foi o que me  hipnotizou mais.


Cheguei à conclusão de que minha desconexão parcial com essa história esteve nas referências religiosas destacadas nela.  Em alguns pontos da história eu achei que a questão religiosa estava ofuscando todo o resto. O comportamento dos personagens tornou-se quase conveniente e clichê no final, espero que não me entendam mal, gostei da história como um todo mas a leitura é minha fuga, quando mergulho fundo em um livro e bloqueio o mundo ao meu redor. Infelizmente, os sentimentos que eu tomei dessa leitura foi que eu senti um pouco como se eu estivesse sendo evangelizada e isso me fez sentir desconfortável. Houveram partes em Infinito + um que me emocionaram completamente e, nesses tempos, eu investi na história, mas, infelizmente, houve momentos em que ela se arrastou e não teve um impacto continuo sobre mim.
Recomendo sim essa leitura para quem não se importa com os pontos que citei acima e quer passar o tempo Sei que a autora tem outras obras publicadas por aqui e eu sem dúvida quero conhecer mais da sua escrita.

FICHA TÉCNICA

Infinito + Um

Título: Infinito + Um
Autora: Amy Harmon
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Verus
Gênero: New Adult

XoXo!💋

0 Comentários